"If you always do what interests you, at least one person is pleased" Katharine Hepburn

Vaidade?! O meu Pecado favorito... Lux


terça-feira, 11 de setembro de 2012

9/11

 
911-memorial-reflect-small-54466_large

 
O dia que talvez mais me tenha marcado porque o vivi e não o li num livro de história.
O dia que me arrebatou de vez a inocência aos 21 anos.
O dia em que percebi realmente o mundo cruel em que habito.
O dia em que todas as certezas que todo o mundo ocidental tinha caíram por terra.
O dia em que me envergonhei, mais uma vez, de pertencer à espécie humana.
O dia que me confirmou porque sou ateia e porque sempre o serei.
O dia que decidiu por mim que não, que definitivamente não queria e não teria filhos.
O dia que espero que, pelo menos, sirva para refletir não só sobre a matéria de que somos feitos, porque no fundo somos todos humanos, mas também do que realmente somos capazes.

Lux

5 comentários:

As Duas na Letra disse...

O dia dos anos do meu pai, e parabens a ele pronto :)

Paulinha

Kinhas disse...

Não achas que estás a ser um pouco dura de mais? Eu sei que cada um de nós tem forma diferentes de viver as realidades. Mas há uma frieza enorme nessas palavras...

Lux disse...

Achas Kinhas?
Eu não vejo como possa dizer a coisa de uma forma mais "meiguinha"... Ah, só se for no facebook!
Não, não consigo nem quero porque é assim que eu vejo o que aconteceu.

Lux

Kinhas disse...

Eu concordo com tudo que dizes à excepção de não querer ter filhos por isso. Não é evitando o problema que mudamos. É a minha forma de ver. Percebo a ideia de que não vou dar ao mundo aquilo que o mundo vai matar. Mas eu acho que com uma boa educação E formação as pessoas mudam. investir nos nossos filhos para o nosso futuro. Decidir que apenas por um acontecimento covarde não vais ter filhos é grave. era a isso que me referia... Tas a deixar que aquela covardia te limite, te impeça de ser um ser humano. Percebes linda?

Lux disse...

Percebo Kinha.
Penso que não me terei explicado bem. Eu nunca quis filhos e quando isto aconteceu, lembro-me de ter pensado nisso... No "ainda bem que não faço intenções...". É a descrença no ser humano.
O 9/11 não é a causa de eu não querer ter filhos. Foi mais uma "prova", uma confirmação. Não foi apenas este acontecimento que me levou a decidir deste modo.

Lux