"If you always do what interests you, at least one person is pleased" Katharine Hepburn

Vaidade?! O meu Pecado favorito... Lux


quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Grandes verdades




Ah pois é!

xoxo
Lux

18 comentários:

Lyn disse...

Hmmm depende!

**

Borboleta disse...

Concordo com a frase! Obrigada pelo enorme comentário! Fiquei surpreendida, as surpresas que a blogosfera esconde... Mas ainda bem que há sempre uns anjinhos da guarda ao nosso lado. Ganhei um novo lema, o que não me mata, torna-me forte. Recuso-me a ir abaixo outra vez! Foi como aprender a viver de novo.

Just a Lady disse...

Ora nem mais :)

Betty Gaeta disse...

Oi Lux,
Não sei se concordo... vou pensar.
Bjkas e uma 5ª-feira maravilhosa para vc.

www.gosto-disto.com

Lalah disse...

hahahahaha adorei a frase!!!
tb amei seu blog! super inspirador!!
beijo!

Palavra Já Perdida disse...

Gosto :)

Nokas disse...

O tempo ensina-nos a ser assim :)

A Flor disse...

Hm... Nice tem o significado de simpática por isso não sei se concordo muito. Educada sim, não só é sinal que crescemos, como é sinal de boas maneiras. Já simpática, acho que é ser-se falso. Mas se calhar sou eu que preciso de crescer.

Myself disse...

nem sempre...

Dark angel disse...

Ora bem, tem lógica, mas depende dos contextos... não é? ***

Oh, You Pretty Things disse...

Concordo plenamente :)

Rita Super-Mulher disse...

E não há nada melhor que isso para mostrar como se é adulto e como sabemos separar as "águas" :)

Miss Luna disse...

Trueee ;)

kishikiari disse...

de facto não vivemos num mundo justo e eu não me conformo com isso a diversos níveis, e se acho que me posso revoltar, uma vez que ainda há liberdade de expressão, faço-o sem hesitar um segundo. Não me conformo, nunca. A revolta contra a h&m foi uma das muitas revoltas que tenho contra a disparidade de bens e serviços que há neste país e que são distribuídos de desigual modo, quando podiam ser e saírem beneficiados ambos os lados. Tanto falo de bens como de serviços. Todos sabemos que se queremos ver certa banda, uma peça de teatro, comer num sítio diferente, usufruir de serviços diferentes é preciso ir a Lisboa e ao Porto porque o resto do país é deserto. Até para fazer um trabalho para o mestrado me mandam ir para Lisboa consultar estatísticas. Eu vivo em Coimbra, falo da minha realidade social. Quanto ao facto de não haver uma chanel ou dior é me indiferente há lojas online que vendem, há alternativas, já para não falar que essas marcas têm um pequeno público alvo em portugal comparando-as com a h&m que é mais acessível ao bolso, sobretudo na situação em que o bolso de alguns portugueses se encontram. E não este não é o maior dos meus problemas, nem sequer se pode categorizar de problema, mas apeteceu-me falar de que acho injusto.

Joana T. disse...

Concordo. Reagindo dessa forma mostra-se que se é adulto e bem-educado ;)

Lux disse...

Sim, tens razão mas se leres bem o que eu escrevi eu não disse que esse era o maior dos TEUS problemas... Falei na MINHA pessoa e não na tua.
Em relação à Chanel ou Dior minha querida, deixa que te diga que não é boa ideia comprar uma peça de roupa online, porque não sabes como veste, nem consegues ver o material (especialmente quando vais pagar o que eles pedem por uma peça!).
A mim aborrece-me mais que essas lojas não existam em Lisboa que a questão da H&M, porque significa que as próprias marcas não querem investir na abertura de uma loja cá. E isso demonstra a realidade social que vivemos. Para eles não se justifca ter uma loja cá, enquanto têm duas ou três em Madrid, por exemplo.
Não estou a falar de a maioria dos Portugueses terem ou não dinheiro para comprar nessas lojas.
É o estarmos atrás de outros países Europeus. Até da Grécia, que se encontra numa situação económicamente mais frágil que a nossa, como deves saber.
Em relação a te revoltares, claro que tens todo o direito... O vinte e cinco de Abril já foi há uns anos largos e podes falar sempre do que quiseres, mas é normal que as pessoas respondam aos teus posts e tenham também essa liberdade de expressão... De dizerem o que quiserem.
A mim revolta-me a diferença que se nota entra Porto, Lisboa e Coimbra e o resto do país em termos de saúde, por exemplo.
Ou de acesso à segurança social, ou às finanças.
De pessoas que têm que andar de táxi ou camioneta para terem acesso a esses serviços básicos.
Tudo o resto é paisagem...
Só há concertos em Lisboa e no Porto?
Paciência... Grave seria ter que apanhar um táxi ou a carreira para ir ao médico de família ou a uma consulta de enfermagem para fazer um curativo e ter que fazer quilómetros.
Ou crianças terem que se levantar às 5h da manhã para poderem estar na escola às 9h.
Isso sim, são problemas graves da sociedade.
Mas esta é só a minha opinião e vale o que vale.

xoxo
Lux

Heriwen disse...

Exactamente! É manter o nível =) chama-se maturidade.

Verita disse...

Gostei da frase ;)