"If you always do what interests you, at least one person is pleased" Katharine Hepburn

Vaidade?! O meu Pecado favorito... Lux


sexta-feira, 4 de março de 2011

Coisas que não entendo... nem quero!


Então não é que, após uma confissão inicial, o "menino-vítima", vem agora desmentir a confissão sobre a morte de Carlos Seabra, dizendo que foi coagido...
E vai fazer prova que não é gay...
Fonte daqui.
Então, se não o é, o que é que fazia esta pobre criatura, com idade para ter juízo, num hotel em Nova Iorque com outra pessoa do mesmo sexo, que aparentemente lhe finaciava tudo?
E será que, para além de desmentir a confissão de que terá, efectivamente, torturado e morto uma pessoa, não será possível também, já agora, como quem não quer a coisa, anular a morte do homem???
Já agora, aproveitava...
E voltava tudo à pacata normalidade na sua vida, como se nada tivesse acontecido!

xoxo
Lux

10 comentários:

Manuela disse...

Querida Lux, é tão, tão horrível, branquear uma morte com requintes de malvadez, que me deixa sem palavras...
Beijinhos e bom fim de semana.

Philippa Style disse...

Sem querer ofender ninguém, o rapaz está louco. Tirou a vida a um Ser Humano. Por mais desculpas que dê, não tem perdão.

boneca de porcelana disse...

Nem sei o que dizer em relação a este caso. Não queria, que fosse embora. A vida é simples, as pessoas é que gostam de a tornar difícil..

Eli disse...

Nem tu nem eu :S Nada é desculpa para tirar a vida de alguem :S

M. disse...

Muito complicado. Nesta história ningém é inocente. Um já pagou...

Shiine* disse...

Não seria o primeiro a sair ileso. Concordo contigo Lux, mas ao mesmo tempo cheira-me que esta história tem ainda muito por se saber.
Beijinhos

Bella disse...

Isto já está a tomar proporções de uma verdadeira novela. Aguardemos os próximos capítulos.
Bj e bom fim de semana

Jóh disse...

eu nunca me posso queixar a ninguém, nunca falo do que sinto a ninguém, por isso o blog é o único sítio onde posso soltar as minhas lágrimas. sabes que sempre vivi com a minha auto-estima ferida por toda a gente e por mais que lute isso ainda vive comigo. tento saír desta bolha que me deixa tão insegura, mas estou sozinha...preciso de me encorajar a mim própria percebes? *

Things disse...

Selo para ti no meu blogue. beijinhos

ROSINHA disse...

É o desespero...