"If you always do what interests you, at least one person is pleased" Katharine Hepburn

Vaidade?! O meu Pecado favorito... Lux


domingo, 16 de outubro de 2011

Me, Myself and I


Hoje e quando, como sempre ao sábado e domingo, fui tomar a minha meia-de-leite à esplanada aqui da zona, que por volta das 10:30h até à hora do almoço se enche de pais na esplanada a lerem calmamente os seus jornais, e crianças, muitas crianças (crianças a mais) a brincarem pelos jardins que envolvem estes prédios, apercebi-me que estou a ficar velha.
Não é culpa minha, não senhor, não tenho cabelos brancos a começarem a aparecer e a minha capacidade cerebral continua no seu apogeu aos 31 anos, mas, ao ver todas estas crianças apercebi-me que sim... Que estou a envelhecer.
Apercebi-me com um pequeno percalço que ocorreu e quebrou a paz das pessoas por aqui e acima de tudo no facto de já não ter achado a mesma piada de outrora à situação.
Quando estava tudo na paz do Éden, um bolo branco voou de uma janela de um qualquer apartamento e acertou em cheio na cabeça de uma miúda que andava calmamente de bicicleta e que desatou num berreiro enorme (de tal ordem que os pais tiveram que ir acalmar o rebento e levá-la para casa para a limpar) e que se tratava de uma bola de papel higiénico encharcado em água, ou seja, aquela nojenta pasta de papel.
Quando era nova adorava fazer isto.
Talvez fosse das actividades lúdicas que praticava com mais perícia quando os adultos, lá por casa, estavam distraídos e absorvidos nas suas vidinhas.
Eu, pessoalmente, tinha por alvo pessoas idosas, é verdade, mas também onde morava não existiam jardins à volta com muitas crianças como alvo a atingir.
E foi este pequeno episódio da actual infância dos outros que fez o favor de remexer nas minhas memórias e me ter feito sentir que sim, que estou a envelhecer...

(Mesmo não tendo conseguido disfarçar um sorriso sarcástico perante o sucedido!!! Mas só porque o alvo não foi a minha pessoa, está claro!)

xoxo
Lux

10 comentários:

Bárbara Silva disse...

- eu experimentei hoje nas minhas unhas e até gostei :)

Nokas disse...

Epá, tás mesmo a ficar velha, hehe!!! :-)

Palavra Já Perdida disse...

Também era capaz de me rir, mas depois achava nojento e coitadinha da menina e se fosse cmg? blargh lol

Página ao Lado disse...

quando olho para os sobrinhos da minha grande amiga que os vi nascer penso: eles estão tão crescidos, e eu estou a envelhecer a olhos vistos!

http://paginaaolado.blogspot.com

*

Ri disse...

:) Ahahahah fartei-me de rir!
O que eu no meu infantário fazia disso, nao imaginas! Atirava uma bolinha bem empapada e era a ver se colava no tecto :P Só agora é que sei ver: que porcaria!!!!!

Drinha disse...

Também já percebi que não acho piada a certas brincadeiras e é de facto da idade!É isso e falta de paciência para gente chata!

Lux disse...

Nokas, Nokas... Preciso de te relembrar que temos a mesma idade?!

xoxo
Lux

Palco do tempo disse...

deve ter sido engraçado :)

Ritinha disse...

LOL
Num fiz uma coisa dessas, porque na verdade nunca morei num prédio. Mas fiz outras coisas que me fazem ter saudades da minha infância...
E as saudades também me fazem sentir velha!

Beijinho

La Boheme disse...

Coitada da miúda! Eu também estou a ficar velha porque ao ler o post o meu intuito seria o de ir ter com a criança, saber se estava bem, acalmá-la e nem que fosse interiormente praguejar com quem fez tal brincadeira sem graça/maldade. Mas bem me lembro de ser miúda e encher balões de água, esperar que passasse algum transeunte incauto e chuack em cheio, mas pronto tenho duas desculpas: era só no Carnaval e na altura era uma miúda descerebrada,normalmente como qq miúda de 6, 7 ou 8 anos. Mas a mim o que me faz sentir uma trintona velha é ver todas as minhas amigas ou colegas de liceu a darem o nó, grávidas ou já a passear os rebentos:((